Não é novidade que tomar decisões sobre a sua saúde sem consultar um médico não é uma boa ideia. No entanto, quando se trata de dietas de emagrecimento, esses caminhos são tomados deliberadamente podendo trazer inúmeros riscos para a saúde.

Se o seu objetivo é perder alguns quilos, saiba que cortar alimentos não é inteiramente indicado. Ao contrário do que costuma-se acreditar, reeducar seus hábitos alimentares tem se mostrado mais eficaz do que o corte de consumo em si. Isso porque quando se tira um alimento da dieta, perde-se todos os nutrientes e vitaminas ali presentes e o preço pela redução de números na balança pode ser uma doença causada por falta desses componentes necessários.

Vejamos o leite como exemplo: rico em cálcio, também possui riboflavina (vitamina B2), vitamina B12, vitamina A, tiamina, vitamina B6 e os seguintes minerais: fósforo, potássio, zinco e magnésio.

Cortá-lo da dieta seria um grande engano uma vez que o organismo seria privado dessas propriedades tão necessária para os ossos, por exemplo.

Portanto, consulte sempre um médico e um nutricionista para saber como reeducar a sua alimentação. Pense duas vezes antes de retirar um alimento da sua dieta e se o motivo for má digestão de lactose, conte sempre com Lactosil.